OLIVENZA Passo da rua Ramón y Cajal

História

A origem destes pequenos altares, situados em algumas das ruas de Olivença, deve-se procurar nas procissões do patrono de Olivença: o Senhor dos Passos, no Domingo da Paixão, nazareno venerado em Santa Maria Madalena. São das muitas heranças do passado luso da cidade. Desconhece-se a antiguidade e o autor destas pequenas capelas, acreditando-se que são posteriores a 1631.

Exterior

Este é o último que foi remodelado. A porta de madeira, que não deixava ver o interior, foi substituída, como nos outros quatro passos, por portas gradeadas e envidraçadas. As suas dimensões são semelhantes às do passo da Praça de Santa Maria; sendo os dois mais pequenos e sem ornamentação externa.

Interior

O pequeno altar de paredes caiadas foi revestido por azulejaria historiada, representando a 5.ª estação da Via sacra: “O Cireneu ajuda a Jesus”.